começando pelo começo

A ideia de escrever esse blog surgiu faz um bom tempo. Lá no começo de 2011, assim que fui diagnosticada com Linforma de Hodgkin,corri pro google em busca de informações. Como toda principiante, minha maior preocupação inicialmente era o cabelo – ou melhor, a falta dele. Para minha decepção, foi muito difícil encontrar blogs e sites com os quais eu me identificasse. Além de alguns choques de realidade – pessoas que postam videos do seu cabelo caindo aos tufos, ou mostram outros fatos da “químio como ela é”, a maioria dos blogs eram relatos bem pessoais, contando o dia a dia e detalhes do tratamento. Encontrei apenas um com o qual eu me identifiquei mais – mulher, vinte e poucos anos, linfoma de Hodgkin. Mas mesmo assim, senti falta de dicas ilustradas, que me ajudassem realmente, e não só me confortassem por ver que mais alguém teve a minha doença. Somado a isso, não tenho religião, e a maioria dos relatos de pacientes oncológicos toca nesse tema, fala de deus e suas lições. Não quero desrespeitar as crenças de ninguém, mas tenho outra visão quanto a isso, que vou expor aqui em outro momento.

Enfim, mesmo com pouco material informativo, fui aprendendo no dia a dia o que funcionava ou não pra mim durante a quimio. A ideia de dividir essa experiência ia e vinha, sem chegar a tomar forma. Quando terminei o tratamento, em dezembro de 2011, fui curtir a vida e esqueci esse assunto (o que eu acho que foi bastante saudável, inclusive).

Aprendi muito durante a quimio, tanto em relação ao tratamento, quanto ao meu corpo, à minha cabeça, aos outros e tudo que envolve estar vivo. Com o início do tratamento, iniciei também a terapia com uma (excelente) psicóloga especialista em oncologia, o que foi fundamental para que eu não só aceitasse a doença, como aprendesse a viver melhor durante o tratamento. É fácil ser feliz depois de passar por um câncer, a vida parece uma festa! O desafio é ser feliz durante o tratamento, aprender com as dificuldades e não se deixar abater. Imagem

Pois bem, em conversa na terapia, decidimos criar um panfleto de ajuda para as pacientes que iniciam o tratamento na clínica de oncologia que frequento, dando dicas de beleza e cuidados com o corpo. Mas ao escrever o panfleto, percebi que, se tratando de câncer, não é possível falar de bem estar físico sem falar de bem estar mental. E aí o material foi engordando, engordando, e acabou se tornando um pequeno guia encadernado. Mesmo assim, ainda acho que não foi o suficiente, quando impresso o conteúdo fica meio “engessado” até a próxima edição, e sendo distribuído apenas para as pacientes da clínica, o material não teve o alcance necessário. Informação nunca é demais, e percebi que um blog possibilitaria maior renovação no material e contato direto com quem lê. Finalmente entendi que era isso que eu estava procurando pra dividir o que eu sei.

Apesar de eu ter falado de mim nesse primeiro post, a ideia não é ficar repetindo isso, prometo! Quero criar um material que possa ajudar as pessoas, independente do tipo de câncer, ou crença, ou idade, ou gênero inclusive (quero que os homens se sintam incluídos no assunto sempre que possível). A sensação de solidão é muito comum quando estamos passando por essa fase, a impressão de que a gente ganhou na loteria ao contrário, de que ninguém no mundo jamais se sentiu como nós, jamais teve essa perspectiva sobre a vida… e por mais que parentes e amigos tentem se esforçar, se eles não passaram por isso, não vão conseguir entender tudo o que isso envolve. Muitas pessoas passaram, passam ou passarão pelas mesmas dificuldades, porém a maioria prefere não falar sobre, ou prefere nem lembrar depois que acaba. Eu resolvi falar, e incentivar outras pessoas a dividirem suas dúvidas, suas descobertas, suas dicas e truques para ser feliz durante e depois de enfrentar um câncer. Espero que ajude.

Anúncios

14 Respostas para “começando pelo começo

  1. Obrigada por deixar esta fase da minha vida mais leve!!!!!
    Estou em tratamento ( radioterapia) por causa de um tumor na corda vocal e achei seu blog, achei fantástico!!!!
    Me identifiquei logo no primeiro post que li.
    Você tem razão bom humor é tudo nesta vida!
    Boa sorte prá gente, bjao, Fran.

  2. Oi linda!!!! Achei seu blog através da materia que você sobre a Nicole de amor a vida (achei otima a materia) e estou lendo todas as coisas que você posta. Te achei uma pessoa incrivel, vitoriosa, corajosa, que merece as melhores coisas do mundo. Mesmo com todas as dificuldades, você não deixou de pensar em uma forma de ajudar as pessoas. Você é um exemplo! Eu, graças a Deus, sou saudável, mas acho que mesmo as pessoas que não tem cancer deviam ler o seu blog, pois você ensina muitas lições de vida. Você transmite esperança e alegria. Espero que você esteja bem e te desejo so coisas boas. Parabens pelo blog! Beijos

  3. Parabéns pela iniciativa, por pensar nos outros mesmo passando por um momento difícil. O mundo precisa de pessoas como você, fortes, guerreiras. Te desejo muita luz e sucesso.
    Bjos.

  4. Querida, parabéns pela iniciativa do blog! Li a matéria sobre a Nicole de amor à vida e acabei lendo mais algumas de tuas postagens.
    Em 2010 passei por um tremendo susto. Apareceu algo no meu pescoço parecido com caxumba, realizei alguns exames em Tramandaí e fui encaminhada para um médico especialista em cabeça e pescoço em POA. Foram pedidos exames no Hospital Santa Rita, que até então eu não conhecia. Quando cheguei lá e vi que era um hospital para tratamento do câncer o meu mundo caiu… Eu com apenas 21 anos… Alguns dias depois voltei a POA pra buscar os resultados, então o médico disse que teria que operar, somente depois da cirurgia saberia se era um tumor benigno ou maligno. Dias depois operei e, por muuuuita sorte, era um tumor benigno.
    Foram dias muito sofridos até ter um diagnóstico correto, tinha medo de perder meu cabelo e até de morrer.
    Para mim, esses dias não foram fáceis, então imagino que para uma pessoa que vive isso realmente, seja muito difícil. Parabéns por ter esse lindo sorriso no rosto e querer ajudar outras pessoas que passam por essa doença. Eu espero, de coração, que em breve tu esteja curada. E por mais que não tenha religião, que Deus te abençoe grandemente!
    Beijão da sua nova fã!!

    • Muito obrigada, Fernanda!!! E que ótimo que o seu foi só um susto!!! Essas experiências – mesmo quando são “só” sustos – sempre nos fazem valorizar mais o que temos né? Muito obrigada por ler o blog! Beijoss

  5. Olá, eu tive leucemia a 3 anos e quem me dera ter achado um blog como o seu na época, eu tbm tive medo, não sabia o que iria acontecer tbm criei um blog que no inicio era o meu espaço p falar do que se passava comigo e hoje falo de beleza.
    Tenha fé e nunca desista. Eu tinha pouquíssimas chance de estar aqui (5% de chance de vida) mas a vontade de viver é maior.

    • Olá Renata!! Que legal ler histórias como a sua, dá muita força pra quem ainda está em tratamento!! Vi seu blog, muito legal!! Adicionei aos favoritos 🙂 Se tiver dicas sobre a quimio pra compartilhar, por favor envie!Obrigada pelo elogio! Beijos

  6. Tua ideia é genial. O texto é muito bem escrito, as dicas São úteis e excelentes. Em breve estarei passando por um transplante de medula óssea e só Quem passa sabe o que Sentimos. Obrigada por compartilhar!

    • Oi Mari! Obrigada pelo elogio 🙂 Eu também vou ter que fazer transplante de medula esse ano… mas vai dar tudo certo pra gente! Assim que eu souber melhor como isso funciona vou escrever também! Boa sorte pra ti! Beijos

  7. Adorei tua iniciativa!!! E pode acreditar que ele vai ajudar muita gente e não somente para as pessoas que tem ou tiveram cancer, mas também um exemplo de como enfrentar os problemas da vida!!! bju e Sucesso!!! Mone

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s